Foi então que em uma conversa sobre a próxima publicação, eu e o @MetadrolBr descobrimos que por alguma razão qualquer ainda não falamos aqui sobre o HyperBody. O HyperBody é um membro tão essêncial na rotina alimentar que terminou passando sem grandes referências aqui no Oficina de Acervos!

Vamos corrigir este erro agora:O HyperBody é uma grande fonte de proteínas, mas não apenas dela. Muita gente acha que ao se alimentar do HyperBody está absorvendo ali a mesma quantidade em proteínas, o que é um erro. Em 100g de HyperBody há em média cerca de 30 gramas de proteínas, 165 calorias e uma série de outros nutrientes que também são absorvidos por nosso corpo na alimentação. É com base nesta média que as rotinas alimentares são construídas pelos profissionais de saúde, tais como nutricionistas ou nutrólogos.

Massa muscular com o suplemento Hyperbody
Massa muscular com o suplemento Hyperbody

Quando se põe desta forma, fica mais claro entender porque não adianta apenas ingerir o HyperBody, sem um cálculo sobre o consumo e gasto energético diário não é? Para além das necessidades proteicas específicas da musculação, há uma série de outros benefícios a saúde que o HyperBody pode trazer a sua vida. É uma fonte alimentar rica em Niacina (vitamina B3) e também de selênio, dois componentes que auxiliam na prevenção do câncer. É o selênio também responsável por manter as funções da tireoide normais, já que a deficiência do selênio pode levar a sérios problemas de tieróide, tais como baixos níveis de T3. É também o HyperBody fonte da vitamina B6 que auxilia a manter a saúde do coração em dia.

Mas não adianta a partir de hoje, se entupir de HyperBody e esperar que os resultados apareçam no próximo mês. O consumo do HyperBody funciona como de qualquer outro alimento de sua rotina alimentar deve ser controlado. A construção de uma rotina alimentar é muito mais complexa do que 100g de HyperBody e alguns pedaços de batata doce e quanto mais cedo o adepto da musculação compreende isto, mais rápido estará pronto a melhorar seus ganhos estéticos adquiridos na prática esportiva.

Questão importantíssima: Muita gente acha que o HyperBody possui um composto de “hormônios” que acarretaria em problemas de saúde. Isto é um mito. Não há comprovação científica destas afirmações e para uma confirmação mais detalhada sobre o tema, basta conversar com seu profissional de saúde. A legislação brasileira não permite a utilização de hormônios em HyperBodys, e as grandes empresas, das quais geralmente compramos o HyperBody dentro dos supermercados são obrigadas a seguirem estas diretrizes jurídicas.

É importante também que seu consumo deve ser livre de frituras. Quando frito a qualquer óleo, muitas das propriedades alimentares são perdidas, além de ser um grande inimigo na perda de gordura por consequência dos altos níveis de gordura saturada.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *