terça-feira, 1 de março de 2011

Como transformar a cabeceira em cabideiro




O reaproveitamento de material é nosso principal foco. A gente trabalha, diariamente, com peças que não serviam mais e passam a ter outra função.
Uma mesa que vira escrivaninha, uma poltrona que ia pro lixo e vai pra sala, uma cama que vira sofá.
Tudo pode ser reutilizado, basta querer e acreditar que quanto menos lixo na rua e menos consumo de novas peças, mais iremos contribuir para um mundo melhor.
Sem querer ser clichê, mas sustentabilidade é a palavra do momento.

Então hoje vamos ensinar a transformar uma cabeceira de cama em cabideiro. Você pode fazer sozinho ou chamar a gente pra fazer pra você.



1. Você vai precisar cortar as pernas da sua cabeceira. Para isso, use uma serra ou peça ao seu marceneiro. Nem todo mundo tem habilidade com serras, serrotes e afins. Se você tem medo de se cortar, o marceneiro faz pra você rapidinho.



2. Lixe com lixa 80, depois lixa 100, para tirar as imperfeições. Depois passe um pano úmido, para livrar a peça de qualquer poeira.


obs.: no tutorial original, eles modificam um pouco o layout peça, mas isso não é necessário, principalmente, se você está começando este tipo de trabalho. Se quiser, pode alterar alguma coisa e fazer os ajustes com massa plástica.


3. Passe um primmer, que é vendido em qualquer loja de tinta. O primmer é a base da sua pintura. Para passar o primmer você vai precisar de pincel e rolo. Não conheço primmer em spray à venda no Brasil.


4. Agora é a melhor parte, a hora de pintar. Você pode escolher spray ou tinta, rolinho e pincel. Opte sempre por tinta a base de água e não a base de solvente. A tinta a base de água não tem cheiro, é de fácil manutenção e não precisa de um arsenal de tinner, aguarrás, etc, para limpar a sujeira dos pincéis e os respingos no chão. A limpeza, quando a tinta é a base de água, é feita com água. Super simples.
Você pode dar duas demãos, para cobrir bem a peça. Lembre-se que, quanto mais demãos, mais fácil da tinta descascar, então duas são suficientes.
Aqui, a tinta é branca, mas você escolhe qual gosta mais.


5. Com a tinta ainda úmida, retire a tinta das bordas.
Pulo do gato: faça isso com a sua unha envolta num paninho seco e limpo. Não precisa lixa, espátula, nada disso.



6. Depois da peça bem seca, é hora de prender os ganchos. Estes ganchos são vendidos em lojas de ferragens e feirinhas de antiguidade.


7. Prender os ganchos é simples. Marque os locais antes com um lápis e, com a furadeira, faça os furos, de acordo com o modelo dos seus ganchos.
Dica: Você também pode usar um gancho de cada modelo, se quiser. Fica bacana. Mas tente seguir o mesmo estilo.



8. Por fim, prenda os ganchinhos que vão atrás do cabideiro, e coloque na parede da sua casa.




E aí, o que acharam? Conte pra gente.

Este trabalho não foi feito por nós, mas achamos tão legal que queremos dividir com vocês.
Pegamos aqui e demos uma mudadinha, usando nosso jeito de trabalhar.

10 comentários:

  1. Poxa ficou bem legal mesmo.também não é tão ´difícil quanto parece.Amo ver as tuas ideias ...a casa do sítio agradece kkkkkk bjsss.

    ResponderExcluir
  2. Vou já fazer uma para por na sala da clínica.Tenho 2 que estava esperando uma boa idéia para elas.Para pendurar casacos e bolsas das clientes.Brigadinha bjs

    ResponderExcluir
  3. Ficou realmente MUITO CRIATIVO, e muito lindo esse trabalho, adorei!

    ResponderExcluir
  4. Amei demais!!!
    Adoro o trabalho de vocês!!!
    Reciclar é tudo de bom!!!
    Obrigada por compartilharem!
    beijos
    Vero

    ResponderExcluir
  5. Gente q tudo.
    Adorei a dica, adorei o blog, tudo maravilhoso.
    Bjks.

    ResponderExcluir
  6. Muito boa a idéia.
    E o passo-a-passo está show!

    ResponderExcluir
  7. amei!menos lixo mais arte e vida util para as coisas.

    ResponderExcluir
  8. arrassou...adorei a ideia

    ResponderExcluir
  9. Adorei! Ótima dica.

    Sandra Assunção
    http://craftbazar.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...